Casa da Rita

Entre e fique à vontade!

Open House!

Pitacos da Rita |

IMG_0862Hoje, com muito prazer e muita alegria abro as portas da CASA, recebendo amigos de fé, de profissão e de coração!

Foram meses preparando tudo com muito carinho, meses de muito trabalho envolvendo tanta gente, vários profissionais, mas confesso que o cansaço passou longe, pois a satisfação em elaborar esse projeto foi minha energia.

Hoje e sempre quero agradecer a credibilidade e a receptividade com que todos receberam a nossa CASA, digo nossa, porque todos “são de casa”, e como é bom nos sentirmos à vontade.

Convido à todos a visitarem nossa CASA, aqui você encontra tudo o que precisa, porque ela foi feita pra você!

Conheçam nossos parceiros. Entrem e fiquem à vontade!

Rita Ramiro

 

Inicio esta seção recebendo amigos!

Receber amigos sempre é uma alegria, e aqui na CASA não poderia ser diferente!

Uma opção super prática e rápida e deixa todos muito à vontade são as Tapas e Pintxos! E essa fui buscar nas  minhas origens, pra vocês!

Todo mundo que esteve ou conhece um pouco a Espanha já ouviu falar nas famosas tapas espanholas.

Eu particularmente sou fã desta maneira de deliciar uma refeição, que basicamente consiste em degustar pequenas porções de diferentes pratos.

Conta uma, entre várias lendas sobre a origem das tapas, que estas surgiram na Idade Média quando Afonso X, El Sabio, reinava (Sec.XIII). De acordo com a história, o Rei ficou doente e se viu obrigado a tomar uns goles de vinho todos os dias por recomendação médica. Para amenizar os efeitos do álcool comia pequenos bocados acompanhando a bebida.

IMG_1013Uma vez curado, Afonso X, instituiu que nas tabernas de Castilha servissem com cada cálice de vinho uma “Tapa” (tampa-pratinho sobre o cálice com uma pequena porção de comida), para evitar que os frequentadores se alcoolizassem muito rápido, coisa que acontecia frequentemente naquela (e nesta) época.

Os pinchos (ou pintxos) são um tipo de tapa, tradicionais do País Vasco. Se diferenciam das tapas normalmente por serem servidas em cima de um pedaço de pão com um palito espetado. Nos bares de pinchos, encontrados por toda Espanha, os pinchos frios ficam expostos no balcão do bar e cada um se serve, acumulando no seu prato apenas os palitos para posterior contagem e cobrança. Os pinchos quentes são pedidos ao garçom e preparados no momento.

Tradicionalmente se bebe chopp, vinho ou clara (mistura de chopp e limão) acompanhando as tapas. No caso dos pinchos o acompanhamento mais típico é o Txacoli, um vinho branco suave levemente gasoso!

Apoio: